Quando pensamos em uma terceira guerra mundial é facil de imaginar de que os mísseis nucleares serão lançados a torto e a direito. Sendo este o temor de muitas pessoas no mundo, e é por isso que cada vez existem mais complexos preparados para proteger do apocalipse nuclear, desde que você possa pagar. Um milionário americano, chamado Larry Hall, ficou obcecado a tal ponto da possibilidade de um apocalipse nuclear que se dedicou nos últimos anos de sua vida a construir um abrigo antiaéreo como nenhum outro.
Sua ideia foi aproveitar um antigo silo de mísseis nucleares e reconstruí-lo para criar um complexo subterrâneo de 15 andares capaz de hospedar uma dúzia de famílias bem endinheiradas. O complexo encontra-se no estado do Kansas, e inclui 12 apartamentos além de instalações de luxo, incluindo piscina, academia e todas as acomodações que o dinheiro pode comprar.

Hall comprou o silo em 2008 por 300.000 dólares e investiu 20 milhões de dólares na reconstrução deste complexo de luxo, e vendeu os apartamentos por um preço entre 2 e 3 milhões de dólares. Não obstante, evidentemente ficou com um.
O projeto leva o nome de Survival Condo (Condomínio de Sobrevivência) e é, talvez, o uso mais irônico que se pode dar ao foi um dia o armazém de um arma de destruição em massa. O complexo conta com paredes que podem proteger seus habitantes no caso de um desastre nuclear, além de depósitos de comida, água e uma grande horta hidropônica para colher comida em seu interior.No caso de um desastre, o silo está localizado a uns 48 quilômetros de um aeroporto. A ideia é que os afortunados residentes cheguem de avião e desde ali se desloquem em caminhões blindados até a comodidade de seu novo refúgio.

Quanto à segurança, Hall contratou um pequeno esquadrão particular equipados com rifles de assalto e óculos de visão noturna, tudo isto para que possa dormir tranquilo dentro do bunker.O abrigo conta com áreas comuns, como um cinema, piscina, academia, paredões de escalada e inclusive “áreas verdes” -acompanhadas de fotos de bosques- e com iluminação artificial que simula a claridade do sol. Cada apartamento inclui três quartos, 2 banheiros, cozinha, copa e sala de estar, e pode albergar entre seis e dez pessoas, e no caso de desastre o complexo hospedará mais ou menos 100 pessoas.

Fotos: Reproduções/Mail Online/Survival Condo