Um passatempo tradicional para os estudantes japoneses que vem ganhando cada vez mais adeptos é a produção de dorodangos, que se tornou uma forma de arte por si só. O dorodango é na verdade uma bola feita de lama e terra, mas agora as pessoas estão meticulosamente e metodicamente refinando essas bolas e as transformando em “hikaru dorodango” (literalmente: “bolinhas brilhantes”): esferas perfeitas e polidas que podem levar dias para serem finalizadas com técnicas de polimento.
Este é sem dúvida um processo é meditativo e profundamente satisfatório, ele é visto por muitos como uma motivação para a arte, em seu processo de fabricação, observa-se a criação de camada após camada de pó fino é aplicado ao núcleo de lama, formando uma casca externa dura. Esta é então polida com um pano para dar ao dorodango uma aparência semelhante à de uma bola de sinuca, perfeitamente redonda e brilhante a um grau inacreditável.


1. Tudo começa com a coleta da terra

2. Então as rochas são separadas da terra

3. E a modelagem começa

4. Mais camadas são adicionadas ao longo do tempo

5. Esse processo leva pelo menos 30 minutos

6. E é onde as pessoas relaxam mais e mais, enquanto moldam a bola com perfeição

7. Este passo é muito complicado, porque a bola pode facilmente rachar

8. Depois ela é colocada para secar em um saco plástico por pelo menos 20 minutos

9. Depois de repetir o processo algumas vezes, o polimento começa

10. Bastante polimento…

11. E ela se transforma em algo assim!

12. A cor varia devido aos diferentes tipos de terra

13. As pessoas se apaixonaram por este projeto estranhamente satisfatório




14. E estão compartilhando suas próprias criações em várias plataformas de mídia social





15. É uma tarefa perfeita para atividades em grupo em escolas e cursos


Assista ao vídeo a seguir para ver detalhadamente como o artista Bruce Gardner faz suas perfeitas “bolinhas brilhantes”
[]